segunda-feira, 13 de abril de 2015

[Vídeo Aula] SQL Server - Parte 1

Pessoal, a partir de agora iremos compartilhar uma serie de vídeo aulas sobre tecnologia, onde eu Paulo, ensinarei algumas artimanhas com assuntos dedicados a redes, programações e etc.
O 1º vídeo de nossa série fala sobre o SQL Server 2014, tratando uma breve introdução e sua instalação.

Para aqueles que estão meio perdidos, o SQL Server é um gerenciador de banco de dados de autoria da grande Microsoft. Sua criação antecede o ano de 1990, e mesmo depois de um certo tempo é muito utilizado em dezenas de tarefas.

Então fiquem com o vídeo na sequencia.

 


link para download da Demo do SQL: https://technet.microsoft.com/pt-br/evalcenter/dn205290.aspx (Versão de avaliação)


sexta-feira, 3 de abril de 2015

O fim da Onlive, compra da Sony encerra o serviço em 30 de Abril

Essa pode ser uma noticia bastante triste para você entusiasta que assim como eu tinha o prazer de utilizar qualquer hardware (até o mais básico) para rodar a plataforma Onlive e jogar QUALQUER game sem problemas de compatibilidade ou mesmo processamento. A promissora startup da industria de videogames será desligada, graças a grandiosa Sony.

Após o anuncio da compra da Onlive pela Sony, que obteve também o direito a 140 patentes relacionadas com jogos nas nuvens, a OnLive terá suas portas fechadas no dia 30 de abril, segundo comunicado no site. 

A venda poe um fim em uma possível revolução no mundo dos games. Fundada em meados de 2003, a OnLive arriscou o esforço em bater de frente com a mídia do vide game com sua "virtualização". A proposta era grande, poder jogar qualquer jogo sofisticado tendo apenas que instalar o cliente e ter uma boa internet. A "cloud gaming" executava em grandes servidores os jogos que eram disponibilizados na plataforma e através da internet transmitiam as imagens em alta definição para o usuário, assim como é realizado com o Netflix ou o Now! da net, a Onlive era o on demand dos games

A gama de utilizadores que a Onlive buscava podia ser muito maior que qualquer marca de video games já alcançou, visto que a plataforma se enquadrava em diversos serviços, desde o smartphone até a smart TV. Inclusive, a empresa chegou a lançar uma versão console onde bastava conectar a televisão e acessar a internet para jogar, porém toda essa facilidade ainda assim não chamou tanto a atenção do público. O maior problema para a empresa ou mesmo para a tecnologia de streaming para games é convencer um público que já se encontra acostumado com a velha forma de jogar a se adaptar a um novo mercado e pagar por isso uma mensalidade. Apenas 3 por cento dos jogadores gastavam dinheiro neste tipo de mercado, enquanto 13 por cento desses diziam realmente se interessar pelo gasto, segundo a pesquisa feita pela IDC Research. 

Mesmo após dificuldades financeiras e perturbações internas, a Onlive resistiu firmemente até os últimos dias. A Sony sempre manteve uma pressão sobre a startup, e mesmo lotada de dívidas ainda assim fechou parcerias com grandes industrias para distribuir jogos, inclusive com a plataforma Steam onde desde o ano passado era possível jogar games da Steam na cloud.
OnLive e seus serviços (Foto: Reprodução Onlive)
Infelizmente esse momento só estava sendo adiado pela Sony. Pode se dizer que a Onlive realizava um certo "medo" no mercado, ainda mais que PSN ou mesmo a Live não são lá grandes coisas. Onlive era uma grande promessa que deveria ter tido mais investimentos, mais procura. Quem sabe futuramente o jogador aprenda a apreciar outros perfumes e se desvincule do velho hardware para um local nas nuvens. 

R.I.P. OnLive

Voltando as atividades

Pois então pessoal, olá novamente!

E bolo, é claro!
Depois de umas férias prolongadas de quase 3 anos sem uma publicação, creio que agora voltaremos a todo vapor, ou melhor, com a banda inteira cheia de trafego de dados (o que é a melhor expressão para esses "tempos modernos").

Essa pausa acabou mostrando algumas coisas para os autores, além de aumentar nossas bagagens vimos que o blog não era tão "de lado" como era pensado, pois mesmo depois de todo esse tempo ainda existe busca, visitas e novas curtidas na pagina do Facebook (curte lá?). Então só temos que colocar mãos a obra e começarmos a republicar.

Estamos passando por momentos difíceis em nosso pais e isso será um tema constante nesse blog a partir deste ano, além de questões ecológicas e a boa e velha tecnologia que jamais faltara nestas longínquas páginas.

O melhor disso tudo é que voltaremos em um ano perfeito, visto que teremos em dezembro a estreia do tão aclamado e esperado Star Wars Ep. VII - The Force Awakens. Não faltarão noticias sobre o mesmo, podem cobrar.

Então creio que seja isso, e nossa primeira publicação será um pouco triste, o fim da Onlive, uma plataforma online que tinha tudo para ser o futuro gamer, que foi jogado por águas após a compra pela Sony...




segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Plataforma Steam disponibiliza o modo BigPicture

Seguindo o rumo do mercado gamer, a Valve está inovando em seus serviços buscando melhorar a forma de como se utiliza os jogos disponibilizados no Steam, além do simples modo na tela do computador com seu teclado e mouse. Com seu recém lançado serviço BigPicture, usuários do Steam poderão facilmente controlar seus games e mesmo outras diversas opções diretamente de um televisor*.



No mês de setembro a Valve lançou de forma beta o BigPicture, onde alguns usuários participaram de seus testes através da opção presente no próprio Steam (Em 'Participação em programas Beta'), porém apenas agora em dezembro que todos estão recebendo em sua interface a opção de utilização. Para ativar a interface basta clicar no botão no canto superior direito.


O novo serviço acabou por mostrar uma nova forma de jogar com seu computador. Por mais que alguns pensem ser um novo software da Valve para distribuição de jogos, vale salientar que o BigPicture é  na verdade apenas uma simplificação da interface convencional do Steam, o bom é que seus comandos são totalmente ajustados para joypads convencionais, o que torna o uso muito parecido com o de um console.


Com a inovação, usuários que antes conectavam seus notebooks ou desktops em um televisor apenas para ter uma ampla visão do jogo, poderão navegar por tudo através de uma tela maior. A nova interface da plataforma é semelhante à dashboard do Xbox360 onde continuam as mesma opções da outra interface como acessos ao catálogo de jogos, arquivos na nuvem, conteúdo da Workshop e as informações de contas do usuário.

Tratando do navegador presente no Steam, agora é possível utilizar de um teclado virtual (Daisywheel) para acessar conteúdos ou mesmo conversar com amigos utilizando seu joypad. Na página já estão pré-definidos alguns sites utilizados pela maioria dos usuários, como Facebook e Twitter.











Clique para ampliar

É recomendado que para utilizar o BigPicture usuários tenham uma placa offboard de nível médio (como se gamers não tivessem) já que os gráficos da nova interface são pesados e rodam em HD, justamente para terem uma boa visualização em telas grandes e proporcionar uma ótima experiência.

Para festejar o lançamento, o Steam está com várias promoções em jogos que possuem 100% de interação via joypad ou interação parcial, corre lá e garanta os seus jogos :)

*O modo não roda no televisor, mas sim através do PC onde em um monitor maior acaba ficando mais fácil seu controle com um gamepad.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanhas

Twitter Facebook Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger